Make your own free website on Tripod.com

Educação inclusiva

Educação Especial

| Home | O que é educação especial? Retrospectiva Histórica | Educação Especial | DIREITOS HUMANOS | A educação especial: Tendências atuais | Educação inclusiva
Educação Especial e Educação inclusiva
 
Pra Bueno(1993), a Educação Especialtem feito um duplo papel na sociedade, o de complementariedade da educação regular, que atende de um lado a democratização do ensino e o outro a segregação.
A cada ano a Educação Especial assume uma importância maior dentro da perspectiva de atender as exigências da sociedade que está sempre em busca da democracia, esta que só será alcançada quando as pessoas deixarem de lado o preconceito e tiverem acesso à informação, do conhecimento e aos meios nescessários para a formação de sua cidadania. Mas como nem sempre o discurso democrático corresponde à prática das interações humanas, as pessoas com necessidades especiais permanecem à margem, discriminados, exigindo ordenamentos sociais específicos, que lhes garantam o exercício dos direitos e deveres.
 
O ESPECIAL NA EDUCAÇÃO
O ESPECIAL DA EDUCAÇÃO
O especial adjetivando os programas, projetos e planos de ação voltados para o ensino escolar de pessoas com deficiência tem ainda um peso muito forte nas propostas e políticas educacionais.Contribui que os alunos e professores, sistemas ,escolas, se dividam nas modalidades regular e especial.
Essa dicotomia não procede quando se trata de uma Educação que não exclui e não discrimina.
O especial na educação tem a ver com a justaposiçao do ensino especial ao regular, isto é, com o aumento deste, pelo acarretamento de profissionais,recursos, métodos, técnicas da educação especial às escolas regulares. Esta justaposição existe há muito tempo e sustenta um modelo organizacionalda integração escolar, na qual o aluno tem de se adequar ao ensino regular para cursá-lo eo staff do ensino especial vai lhe servir para esse fim.
O que define o especial da educação não é a fragmentação dos sistemas escolares em modalidades diferentes, mas a capacidade de a escola atender as diferenças nas salas de aula, sem discriminar e sem trabalhar a parte com alguns alunos, sem atividades e avaliações adaptadas.
O especial da educação tem a ver com inclusão total de todos os alunos, as escolas e ultrapassa o grupo dos alunos com deficiência, englobando-os certamente. O especial da educação não diz respeito á inserção de alunos com deficiência, mas é condição para se reverter a situação vergonhosa da escola brasileira, marcada pelo fracasso e pela evasão dos alunos.
O especial da educação descentra os problemas relativos á inserção dos alunos com deficiência e combate o que produz a exclusão em nossas escolas.
Quantos alunos estão desmotivados, infelizes, marginalizados pelo insucesso e privações constantes e pela baixa auto-estima resultante da exclusão escolar e da sociedade.
Os alunos com deficiência constituem uma grande preocupação para os educadores inclusivos, mas sabemos que os alunos que fracassam na escola são crianças que não vem do ensino especial, mas que possivelmente acabarão nele. 
 

A formação de professores
 
Na ótica do especial na educação os professores têm como opções de formação: as habilitações dos cursos de Pedagogia, os cursos de Pós- graduação lato sensu e a formação continuada oferecida pelas redes de ensin, os cursos oferecidos por clínicas e instituições especializadas em alunos e pessoas com deficiência.

Educação inclusiva significa assegurar a todos os estudantes, sem exceção, independentemente de sua origem sociocultural ou de sua evolução psicológica, a igualdade de oportunidades educativas, para que assim possam usufruir de uma educação de qualidade.

CONCLUSÃO

A garantia do direito de Educação em escolas que não excluem pessoas é um sinal de desenvolvimento comunitário e de elevação de seus valores e atitudes, princípios e ideais.
É possível, urgente e indispensável mudar a educação com novos paradigmas, preceitos, tecnologias e que o momento é de abandonar as soluções paliativas e enfrentar seriamente e com obstinação essa mudança.
É sábio quem diz que "o tempo e a palha amadurecem as ameixas[...]."

Educação Especial Inclusiva