Make your own free website on Tripod.com

O que é educação especial? Retrospectiva Histórica

Educação Especial

| Home | O que é educação especial? Retrospectiva Histórica | Educação Especial | DIREITOS HUMANOS | A educação especial: Tendências atuais | Educação inclusiva
O que é educaçaõ especial? 
É muito importante conhecer e contextualizar a Educação Especial desde os seus primórdios até a atualidade, mostrando a segregação das pessoas com deficiência em todos os períodos da história da humanidade assinalando o processo dessas pessoas até o novo milênio, onde uma nova filosofia r um novo paradigma da inclusão se descortinam para as pessoas com necessidades educacionais especiais na sociedade ocidental.
 
RETROSPECTIVA HISTÓRICA
Conforme nos relata Correia(1997) desde a idade antiga, existe uma política extrema de exclusão de crianças com deficiência. Na Grécia antiga, as crianças deficientes eram abandonadas nas montanhas e em Roma elas eram atiradas nos rios. Os registros históricos nos mostram que desde muito tempo existe uma grande resistência à aceitação social das pessoas com deficiência e mostam como as suas vidas eram ameaçadas. Podemos ver também essa evidência entre os romanos no início da era cristã. Como afirma Misés(1977) (p.14),sobre aqueles tempos."Nós matamos os cães danados e touros ferozes, degolamos ovelhas doentes, asfixiamos recém nascidos mal constituídos, mesmo as crianças se forem débeis ou anormais, nós as afogamos, não se trata de ódio mas de razão que nos convida a separar das partes são aquelas que podem corrompê-las".
Já na idade média, na Europa os deficientes eram vistos como a imagem do diabo e associados aos atos de feitiçaria, eles eram perseguidos e mortos, pois faziam parte da categoria dos "excluídos". Por isso eles eram afastados da sociedade ou até mesmo sacrificados.
A literatura de Educaçaõ Especial, segundo Ferreira(1994), registro que o atendimento as pessoas com necessidades especiais no mundo ocidental passou a partir do século dezesseis a ser objetivo da medicina e não mais da igreja.No Brasil segundo Bueno (1993) até a década de 50, não se falavs de Educação Especial, mas de educação de ANEE. Na década de 70, a educação Especial sofreu uma ampliação com a implantação de um verdadeiro subsistema educacional, com a proliferação das instituições públicas e privadas de atendimento aos ANEE e a criação de orgãos normativos federal  eestaduais.Criam-se as calsses especiais.
A declaração do Salamanca partiu do pressuposto:
"As escolas regulares com orientação para a educação inclusiva, são o meio mais eficaz no combate às atitudes discriminatórias, propiciando condições para o desenvolvimento de comunidades integradas base de construção da sociedade inclusiva e obtenção de uma real educação para todos".(p.09)

Educação Especial Inclusiva